35 receitas de cuscuz para ninguém colocar defeito

Por
Atualizado em 22.07.21

O nome é estranho, mas o sabor é incrível – aliás, os sabores, porque existem opções para diversos paladares. O cuscuz é um prato árabe e surgiu no norte da África no século 13. De lá para cá, as receitas ficaram cada vez mais diversificadas. Aqui, em terras canarinhas, foi se abrasileirando aos poucos e hoje é possível encontrar até mesmo um “tradicional cuscuz nordestino”, muito delicioso, por sinal. É possível fazer a iguaria com farinha específica, farinha de arroz, de milho, mandioca ou polvilho.

O cuscuz tradicional pode ser preparado na cuscuzeira, panela específica para esse fim, e fica com aquele formato de trapézio invertido e arredondado. Uma outra opção são os tipos marroquinos, feitos com semolina de trigo ou com a farinha própria, que fica com aspecto mais esfarelado. Independente do formato, o prato é versátil e combina com vários tipos de acompanhamento: carne, aves, peixes, legumes…. E até vegetarianos e veganos. As opções são tantas que dá até para comer como sobremesa, nas versões doces. Veja uma seleção de receitas de cuscuz e experimente uma delas!

Com carne

receitas-de-cuscuz-1

Foto: Reprodução / Não sei cozinhar

1. Cuscuz de charque e creme de queijo coalho: a carne de charque vira par com o queijo coalho, o sabor fica forte e cremoso ao mesmo tempo. A dupla tradicionalmente nordestina é tão boa que hoje já domina paladares de todo o país. A pimenta biquinho – que não arde – vem para realçar os sabores.

Publicidade

2. Cuscuz de calabresa: definitivamente, a calabresa combina muito com farinha de milho. O pimentão, a ervilha, o milho e a azeitona deixa o sabor ainda mais gostoso. Impossível comer uma fatia só.

3. Cuscuz nordestino com pimentão: essa receita leva como acompanhamento um refogado de pimentão, que carameliza e dá ao cuscuz um toque perfeito. Nessa opção, o cuscuz fica fofinho e meio solto.

4. Cuscuz marroquino picante: a opção picante, feita com linguiça portuguesa, é indicada para quem gosta de harmonizar o prato com alguma bebida. A delicadeza do cuscuz suaviza o sabor da linguiça. A ervilha, o tomate e a cebolinha dão frescor ao prato.

5. Cuscuz marroquino com quiabo: com o preparo super prático, esse cuscuz é perfeito para aqueles dias que você não tem muita opção na geladeira ou ideal para adicionar um legume que a criança goste. Aqui, o quiabo veio acompanhado de filé mignon suíno como a proteína do prato. Lindo e delicioso.

Com aves

receitas-de-cuscuz-2

Foto: Reprodução / Gastrolândia

6. Cuscuz aromático de peru ao coco, açafrão e pimenta: esse prato fica muito bonito e pode surpreender seus convidados – tanto pelo olhar, como pelo paladar. A opção leva peito de peru desfiado, leite de coco, palmito pupunha e folha de louro, que sempre ajuda a ressaltar os sabores. É uma ótima opção para variar o cardápio de um jantar especial.

7. Cuscuz marroquino de frango, castanhas e uvas-passas: essa receita pode ser servida como prato único, ou, se decorada, cabe até na mesa natalina. O sabor é levemente picante, já que leva curry, mas há um equilíbrio com o gostinho doce das passas. A castanha vem para dar aquela crocância ao prato.

Publicidade

8. Cuscuz de frango, passas e amêndoas: as especiarias dão o tom dessa receita. O peito de frango recebeu mel, cebolas, canela, cominho, açafrão, amêndoas e passas. No geral, o prato fica levemente adocicado, quase agridoce, e surpreende em cada garfada.

9. Cuscuz marroquino com cubos de frango e milho grelhado: milho e frango é uma combinação que sempre dá certo, em qualquer receita. Grelhe os dois ingredientes e junte com salsinha e um toque de parmesão ralado. Dá água na boca.

Com peixe

receitas-de-cuscuz-3

Foto: Reprodução / Gastrolândia

10. Cuscuz de peixe: essa receita acompanha uma lenda, que diz que esse cuscuz traz fartura e boa sorte quando comido no Ano Novo. Então, já separe essa ideia para sua mesa de Réveillon. Os ingredientes são baratos e fáceis de achar, independente da época do ano.

11. Cuscuz de camarão: o camarão é o grande destaque desse cuscuz, que ainda recebe na lista de ingredientes ervilha fresca, palmito, azeitonas, sardinhas e ovos cozidos. Uma saladinha básica é o acompanhamento perfeito.

12. Cuscuz marroquino com abobrinha, atum e azeite: para essa opção de cuscuz marroquino, a combinação de atum e abobrinha refogada, que fica macia e crocante na medida certa. Para finalizar, regue com um azeite de boa qualidade.

13. Cuscuz de atum e tomate seco: essa receita leva atum em sua composição. Mas, caso não tenha aí na sua despensa, também vale fazer a receita sem ele ou substituindo por outro ingrediente de sua preferência. O tomate seco é quem dá o toque mais que especial e espalhando sabor ao prato.

14. Cuscuz marroquino com camarão e abobrinha: dessa vez, o camarão refogado vem acompanhado da abobrinha ralada. Usada crua, cria uma textura surpreendente e interessante, e dá ao prato mais leveza e frescor.

15. Mini cuscuz paulista com ovo de codorna: essa pequena iguaria pode ser oferecida aos seus convidados como entrada ou até mesmo em uma festa, como finger food. O segredinho dessa receita está no leite de coco, que deixa o cuscuz bem molhadinho.

16. Cuscuz paulista sem glúten, sem lactose, sem soja: mais uma versão do famoso cuscuz paulista. Você pode optar também por fazer a opção mais básica do cuscuz, e caprichar em algum molho, como esse, de camarões e pimenta: ele fica bem úmido e temperado. E é liberado para intolerantes ao glúten e lactose.

Publicidade

Com legumes

receitas-de-cuscuz-4

Foto: Reprodução / Figos e Funghis

17. Cuscuz com ratatouille: esse cuscuz serve para impressionar as visitas! Acompanhado do clássico francês ratatouille – com tomate e berinjela – e com o acréscimo da abobrinha, cebola roxa e pimentão vermelho.

18. Cuscuz paulista de legumes: bateu fome e preguiça? Cebola, pimentão, milho, ervilha, azeitona, salsinha e caldo de legumes. Tudo junto numa mesma panela, aí é só adicionar a farinha e acertar o tempero! Receitinha rápida e que não suja muita louça.

19. Cuscuz paulista de palmito: receita clássica da região sudeste do país, à base de farinha de milho, recebe nessa versão o palmito, tomate, milho, ervilha, os ovos cozidos – que não podem falta – cebola e azeitonas pretas e verdes.

20. Cuscuz de berinjela: independente do prato, a berinjela fica deliciosa quando acompanhada de pimentões. Nessa receita, essa dupla vem junto com o milho e o cheiro verde: um prato colorido, saudável e gostoso.

Vegetarianos ou veganos

receitas-de-cuscuz-5

Foto: Reprodução / Cozinha Travessa

21. Cuscuz marroquino com cogumelos reduzidos no balsâmico: receita com nome e aparência bonita, e sabor ainda mais marcante. A massa deve ser marinada para incorporar o tempero. No final, ela fica levemente umedecida. O truque de mestre é o uso de cogumelos frescos reduzidos no aceto balsâmico.

22. Cuscuz marroquino com maçã verde: a maçã verde é um ingrediente que não é tão comum de ver em receitas salgadas. Mas junto com esse cuscuz ela dá um toque especial e faz toda a diferença para o prato.

23. Cuscuz marroquino com banana e castanhas: a banana traz um gostinho doce para o prato e as castanhas vêm com a crocância. Embora sem carne, essa receita é vem versátil e pode ter ingredientes acrescentados ou substituídos.

24. Cuscuz marroquino com amêndoas, passas e cebolas caramelizadas: mistura perfeita de sabores e texturas diferentes, com o macio das passas, o crocante e tostado das amêndoas e o agridoce das cebolas caramelizadas, além da maciez dos grãos do cuscuz marroquino, bem soltinhos.

25. Cuscuz de caldo verde: essa opção traz a couve, que sempre se destaca nos pratos, tomate seco, que também ressalta o próprio sabor, e miolo de noz. O cuscuz fica umedecido com a mostarda e o suco de laranja.

Publicidade

26. Salada de cuscuz grega: o cuscuz é tão versátil que dá, até mesmo, para usar os grãos em uma receita de salada – que pode ser servida morna ou fria. Aqui, ele é apresentado com uma inspiração grega, com queijo feta, azeitonas, tomates e cebola roxa. Ótima pedida para um dia de calor.

27. Cuscuz nordestino com manteiga: essa é a versão mais básica e tradicional do cuscuz feito no nordeste brasileiro, apenas com a farinha (ou flocos) de milho, água e sal. Ótima pedida no café colonial.

28. Cogumelos recheados com cuscuz: mais uma forma diferente de servir o cuscuz, como recheio. Aqui, foi para o cogumelo. Mas que tal experimentar esse recheio também para tomates, pimentões e abobrinha?

29. Cuscuz marroquino com frutas frescas: outra opção para colocar na pastinha de receitas festivas, indicadas para o Natal. Pode usar as frutas frescas de sua preferência. Aqui foram usadas figo, damasco, tâmaras e nozes.

30. Cuscuz marroquino: esse cuscuz é super levinho, boa opção para dias de calor ou em dias de dieta. Para acompanhar, você pode servir com tofu ou berinjela à parmegiana.

31. Cuscuz marroquino vegano com amaranto: dá para usar amaranto também na preparação do cuscuz (inclusive na versão salada). Com o alho poró e pimentão vermelho, a refeição fica nutritiva e saborosa.

Doce

receitas-de-cuscuz-6

Foto: Reprodução / Blog da Mimis

32. Cuscuz de tapioca diet: a tapioca é a queridinha das receitas fit. Em receitas doces então, melhor ainda. Diet, essa receita leva leite de arroz (ou outra opção de leite vegetal), leite de coco light, adoçante e coco ralado fresco. Fica lindo e delicioso.

33. Cuscuz com coco: essa é a versão doce mais tradicional, com coco. Essa versão difere da salgada básica apenas pela troca de água pelo leite de coco e o sal pelo açúcar. O coco vem para coroar a iguaria. Combina muito com uma bela xícara de café fumegante!

34. Cuscuz de tapioca com coco: com cara de pudim, esse cuscuz é uma receita fácil de sobremesa, para aquele final de semana bem corrido. Simples de fazer, e com cobertura super gostosa: leite condensado com coco fresco ralado.

35. Bolo de cuscuz com coco: e dá para fazer bolo de cuscuz também! Dá, inclusive, para reaproveitar algum restinho de outro cuscuz, como indicado aqui. As sobras, ovos, leite, açúcar, manteiga, leite de coco e fermento. Basicamente, como qualquer outro bolo.

Com tantas opções de receitas – e farinhas, a base para o cuscuz – não tem desculpa para não experimentar o prato. Escolha os ingredientes de sua preferência, e vai ver como você também vai se apaixonar e ter uma receita preferida de cuscuz.