20 receitas de cuca para se deliciar com uma sobremesa alemã

Escrito por                          

A cuca é um bolo de origem alemã. Por isso, é facilmente encontrada na região sul, mas também se tem suas versões pelo resto do país. Esse prato é uma espécie de bolo coberto por uma farofa crocante feita com farinha de trigo, açúcar e manteiga. Além disso, pode ganhar complementos, como frutas ou uma camada cremosa.

Ela é muito consumida nos cafés da manhã e da tarde, mas também cai muito bem como sobremesa. Tudo depende da massa escolhida, já que algumas são mais parecidas com pães, enquanto outras são mais parecidas com bolos.

Opções com banana, maçã, creme de baunilha e outras opções criativas e até mesmo simples podem ser encontradas na lista abaixo. Confira:

Cuca simples ou cremosa

Foto: Reprodução / O melhor restaurante do mundo

Foto: Reprodução / O melhor restaurante do mundo

1. Cuca recheada com creme: o creme de baunilha vai dar uma textura completamente diferente para o seu bolo. Além disso, a farofa tem um toque de limão e essência de baunilha.

2. Cuca com farofa de amêndoas e tâmaras: a massa dessa receita é simples, mas a farofa é super incrementada. Além de amêndoas e tâmaras, leva um toque de laranja e canela.

3. Cuca gaúcha: essa é uma opção que além da farofa e da massa, leva um recheio feito com abacaxi, maçã e açúcar.

4. Cuca simples: para a receita simples é preciso preparar uma massa, assar e cobrir com farofa. A farofa é feita com farinha, manteiga, açúcar e macadâmias.

5. Cuca com iogurte grego e cream cheese: devido ao uso de iogurte grego na massa e por levar uma camada de cream cheese, essa receita fica super cremosa. Combina muito bem com a farofa crocante da cobertura.

6. Cuca de doce de leite: além de ser bem fofinha, a massa dessa receita é recheada com doce de leite. A combinação é de uma textura suave com outra crocante.

7. Cuca com leite condensado: além de ser feita com um delicioso leite condensado caseiro, essa receita também conta com um toque de coco.

Cuca com frutas

Foto: Reprodução / Vai comer o quê?

Foto: Reprodução / Vai comer o quê?

8. Cuca de frutas vermelhas: o segredo dessa receita é a farofa de amêndoas. As frutas vermelhas podem ser as de sua preferencia.

9. Cuca de uva: nessa receita, as uvas são usadas misturadas à massa. O preparo é bem rápido, pois o fermento usado é o químico.

10. Cuca de goiabada: nessa receita, a goiabada é usada para criar uma camada entre a massa e a farofa. O preparo é rápido, pois é usado o fermento químico em vez do biológico, pois com ele a massa não precisa descansar.

11. Cuca de coco: o bolo fica com uma massa bem molhadinha, que combina muito bem com o doce de coco cremoso e a farofa crocante.

12. Cuca de banana: nessa preparação, a banana é usada para formar uma camada que fica entre a massa e a farofa.

13. Cuca de amora: esse é um bolo com uma massa bem prática e rápida de ser feita. As amoras dão um gostinho especial e deixam o prato mais colorido.

14. Cuca de ameixa: essa é uma combinação bem conhecida na Alemanha, o país de origem dessa receita.

15. Cuca de morango: nessa receita os morangos são usados para o preparo da farofa, a combinação fica crocante e com uma mistura de doce e azedo.

16. Cuca de banana com goiabada: essa é uma receita de um bolo macio, recheado com goiabada derretida e coberto com banana caramelizada com um toque de canela.

17. Cuca de maçã: se você busca um bolo que cresça bastante, essa pode ser a opção certa. A dica é usar um fermento caseiro feito com cremor de tártaro e bicarbonato.

18. Cuca integral de mirtilo: aqui o sabor doce é suave, a textura é quebradiça e tem um aroma especial devido ao uso de chá indiano. Para completar o sabor ainda leva mirtilos.

19. Cuca integral de uva: além de integral essa é uma receita com poucas calorias. Então, além de saudável ainda pode entrar no cardápio de quem busca perder peso.

20. Cuca de goiabada sem glúten/lactose: essa é uma receita rápida e fácil de ser feita. Os intolerantes ao glúten e/ou lactose podem se deliciar à vontade.

Preparar esse doce não é uma tarefa complicada, e ainda é possível criar uma variação de sabores muito grande mudando apenas alguns ingredientes.

PARA VOCÊ