120 receitas deliciosas para impressionar na ceia de Natal

Escrito por    
Em 11.12.19

Então é Natal… Ou quase! Um tempinho antes dessa data especial é o momento perfeito para planejar o melhor cardápio para a ceia de Natal. Para isso, vale pensar em receitas bonitas, econômicas, prática e que agradem seus convidados. Confira a seguir as melhores comidas de Natal para servir e completar o seu feriado!

Continua após o anúncio

Entradas para a ceia de Natal

receitas-ceia-de-natal-1

Foto: Reprodução / Cozinha Vibrante

1. Petisco de maçã caramelizada, rúcula e parma: tudo o que é caramelizado é delicioso! E esse petisco fica lindo e cheio de sabor. Envolva os pedaços de maçã com uma folha de presunto de parma e outra de rúcula por cima. Use palitinhos bonitinhos para montar o espetinho e sirva como finger food.

2. Torradinhas com azeite e ervas: essas torradinhas ficam saborosas e ajudam a deixar a mesa ainda mais bonita. Use um cortador – ou vários – de biscoitos com motivos natalinos para cortar os pães. Você pode encher a mesa, por exemplo, com estrelas de tamanhos e formatos diferentes, botinhas do Papai Noel…

3. Pesto de abobrinha: também chamada de manteiga de abobrinha, tamanha a cremosidade, esse pesto é perfeito para acompanhar torradinhas e oferecer uma opção vegana a mais na mesa.

4. Muffin salgado de cenoura: esse muffin fica lindo, todo coradinho, com o laranja da cenoura em evidência. Para ficar ainda mais gostoso, pedacinhos de linguiça calabresa. Você pode optar também por adicionar à mistura azeitonas fatiadas.

5. Presentinhos de queijo coalho: receitinha rápida e que fica uma graça na mesa, vai até ajudar na decoração. Você pode servir em um prato ou em vários pequenos recipientes. Use pimenta rosa para decorar também – elas fazem o papel de bolinhas de Natal.

6. Brie empanado: crocante por fora e cremosa por dentro, não vai ter um convidado que não vai elogiar – e pedir a receita. Super simples de fazer, basta fazer a misturinha do seu costume para receitas à milanesa. Capriche no tempero, e sirva com mini torradas, geleias e até um belo mel trufado.

7. Canapés de uvas assadas com queijo de cabra: para esses canapés, você pode usar como base as tradicionais torradinhas ou pão tostado, com uma leve crosta (experimente fazer com baguete italiana, fica ótimo!). A ordem da montagem: pão + uvas (assadas com azeite e tomilho) + queijo de cabra esfarelado + nozes + mel. Sirva acompanhado de vinho rosé.

8. Canapés árvore de Natal: junte vários canapés como esses e forme uma floresta de árvores de Natal em uma travessa bonita. Para a base da árvore, pão sírio. Para o tronco, salgadinhos em formato de palito. E para a decoração, um delicioso patê de gorgonzola com ervas e tomate.

Continua após o anúncio

9. Mousse salgada em forma de presente: mais um “belisquete” que deixa a mesa mais bonita. Essa mousse é uma espécie de patê. Bem cremoso e simples de fazer, no melhor estilo “junte tudo e misture”: cream cheese e alguns temperinhos. O tchan desse prato é a apresentação, em formato de presente, com direito até a laço (de cebolinha. Mas, ainda assim, um laço).

10. Verrine de salmão: essa verrine é super charmosa e vai fazer bonito entre seus convidados. O segredo é a montagem, mas não tem nenhuma dificuldade. Basta colocar, na ordem de sua preferência: farofa de pão, chantilly salgado e salmão defumado picadinho e temperado. Você pode fazer uma outra versão, substituindo o salmão por tomatinhos confit.

11. Tapenade francesa clássica: o nome chique esconde a simplicidade da receita, que nada mais é do que uma pasta de azeitonas pretas. A mistura dessas pequenas notáveis com aliche no azeite, alcaparras e alho transforma esse mix num prato de sabor e nome bem refinado. Você pode adicionar manjericão também, que fica ótimo. Sirva montado em rodelas de frutas, como carpaccio.

12. Árvore de Natal feita de torradas: visivelmente encantadora, essa é uma ideia que você pode usar, inclusive, como centro de mesa. A melhor parte, claro, é que o “arranjo” é delicioso e pode ser devorado. Nessa receita, a ideia é usar patê de queijo, mas você pode fazer o de sua preferência, ou aquele que seus convidados adoram.

13. Tartare de salmão: o maior segredo dessa receita é picar todos os ingredientes em pedaços bem pequenininhos. Você pode variar e substituir o salmão por truta. Os ingredientes da saladinha você também pode mudar de acordo com o que tem na despensa.

Acompanhamentos para uma ceia

receitas-ceia-de-natal-2

Foto: Reprodução / O Melhor Restaurante do Mundo

14. Arroz com amêndoas: indicado como acompanhamento para peixes e pernil, essa é outra daquelas receitas fáceis, que facilita a vida corrida da época do Natal. Sabe o arroz branco comum? Então, faça como de costume e, pouco antes de ele secar, adicione vinho branco. Misture as amêndoas pouco antes de servir.

15. Rocambole de batata com recheio de frango: levinho, massa saborosa. Para o recheio, peito de frango cozido e desfiado, com um molho e ingredientes que tornam a mistura ainda mais gostosa: requeijão cremoso (facilmente substituído por ricota cremosa), ovos cozidos, milho verde, azeitonas verdes, manteiga, cebola, cheiro verde e os temperinhos de sua preferência.

16. Farofa de alecrim: cebola dourada na manteiga. Pense no cheirinho bom que só esse passo já vai deixar na sua cozinha. Acrescente a farinha aos poucos, mexendo sempre. Adicione o alecrim. Acerte o sal. Simples assim! É gostosa, vai bem com todas as carnes e perfuma o ambiente.

17. Cake de presunto de parma e ervilhas: esse bolo salgado e fofinho é indicado para servir junto com queijos. Os recheios também são variáveis. Ou seja, essa é uma daquelas receitas curingas: só colocar o que você tem na despensa ou geladeira no recheio.

Continua após o anúncio

18. Farofa de linguiça na manteiga: definitivamente, farofa com linguiça é mais gostosa! Para essa versão, bem molhadinha, capriche na manteiga. Use sem dó. Dá um sabor todo especial para a mistura. Se possível, utilize linguiça artesanal.

19. Arroz selvagem com aspargos e manga: não é por ser um ingrediente comum no dia a dia que o arroz não precisa estar em dias comemorativos. Mas ele pode usar uma roupa de festa, não acha? Aqui, com arroz selvagem, que traz um pouco de crocância ao prato, e aspargos e manga, que mudam o sabor e dão cor.

20. Massa com Brócolis Picante e Amendoim: esse prato fica lindo e extremamente saboroso. O brócolis é assado com azeite, alho, pimenta calabresa e sal. Depois de pronto, adicione essa mistura ao macarrão ao dente. Salpique amendoim (inteiro ou triturado) na hora de servir.

21. Farofa de ovos: na ceia precisa ter farofa, não é verdade? A lista de ingredientes é bem básica: ovos, farinha e manteiga. Mas nada impede de você incrementar um pouco e adicionar bacon, linguiça picadinha, banana, miúdos das aves… Hum… Delícia!

22. Risoto e brie e tomate seco: risoto é um prato delicioso, que enriquece o cardápio e – melhor parte – simples de fazer. Experimente também a versão que substitui o tomate seco por presunto de parma.

23. Arroz de festa: delicioso, esse arroz fica lindo na mesa. Para cozinhar, use espumante ou champagne. Não se preocupe com o gosto do álcool: ele evapora e deixa um sabor gostoso ao prato. Depois de pronto, coloque em uma fôrma redonda, para bolo ou pudim. Depois desenforme e decore com pequenos raminhos de salsinha.

24. Arroz branco com arroz negro: O arroz negro é gostoso e funcional, já que tem menos gordura e calorias se comparado ao integral. Exótico, o grão tem um leve sabor amanteigado e aroma de castanhas. Um toque diferente para sua ceia.

25. Salpicão vegano: salpicão é aquela receita que não pode faltar na mesa do Natal. Embora cada pessoa sempre tenha uma versão diferente, aqui apresentamos a opção vegana. Sirva em uma louça bonita e, se quiser, cubra com batata palha na hora de servir.

26. Arroz com espumante: espumante é um ingrediente sempre presente nas festas, principalmente Natal e Reveillón. Aproveite a ocasião e use um pouco da bebida para deixar o seu arroz com uma cara nova.

27. Purê de batatas com mostarda e vinho branco: esse purê fica leve e fofo, então combina super bem com qualquer tipo de carne. Para fazer, basta ter aí na despensa: batatas grandes, nata ou creme de leite fresco, alho, mostarda dijon, manteiga e vinho branco seco. Sério, são pequenas nuvenzinhas, de tão fofo que fica!

28. Risoto de pera com pistache: risoto é um prato que cai muito bem para compor o cardápio natalino. Você pode deixar aflorar seu lado sommelier e escolher um belo vinho que harmonize. O toque especial fica por conta da combinação do docinho da pera com o sabor peculiar do pistache.

29. Cebolinhas caramelizadas: as minis cebolas, ou cebolinhas, ficam lindas em qualquer prato. Você pode assar e colocar junto a alguma carne também. Nessa opção, caramelizadas, fica fantástica se servida com algum prato que tenha fruta, como o abacaxi, por exemplo. O contraste de sabores e texturas é uma explosão de sabores.

30. Farofa de carne de soja: também chamada de proteína texturizada, a carne de soja na farofa fica deliciosa – e agrada paladares vegetarianos ou não.  O colorido e o realce do sabor ficam por conta do cheiro verde picado. A farinha de biju ajuda a dar corpo à farofa.

31. Batatas assadas com alho e azeite: a combinação é dos deuses: batata, azeite, alho e pimenta caiena. E é tão simples de fazer, que até quem não domina muito bem o fogão pode se arriscar a preparar: não tem como dar errado! Pode, inclusive, ser feita no forno micro-ondas.

32. Arroz com cebolas caramelizadas e amêndoas em lascas: arroz simples, cozido (preparado como de costume), manteiga, cebolas finamente fatiadas, amêndoas laminadas e torradas e tempero a gosto. Um prato simples, que foge um pouco do tradicional, fácil de fazer, e muito saboroso.

33. Batata calabresa: clássica receita das festinhas dos anos 1990, a pedida é certeira para agradar os estômagos saudosos. Pode ser servida como entradinha também. Acompanhada de uma cerveja bem gelada, seus convidados serão só elogios pelo cardápio.

Prato principal para a ceia de Natal

receitas-ceia-de-natal-3

Foto: Reprodução / Dedo de Moça

34. Tender ao molho de maracujá e gengibre: o famoso tender bolinha ganha aqui uma versão com os tradicionais riscos que formam losangos e cravos na superfície. O diferencial fica por conta do molho, à base de maracujá, gengibre fresco (ralado e espremido, utilizar apenas o suco) e mel.

35. Peru com pêssegos e alecrim: e, claro, o prato mais importante da festa: o peru! Comece o preparo um dia antes: só a marinada demora 12 horas. Regue constantemente o peru durante o cozimento, para realçar ainda mais o sabor e a maciez da carne. Para finalizar, capriche no visual do prato.

36. Bacalhau à Brás: o bacalhau também é um prato integrante das festividades natalinas. Receita tipicamente portuguesa, o prato não tem nenhuma dificuldade na execução. Serve como prato principal, mas, se servido em pequenos ramequins, pode aparecer já na entrada da noite.

37. Pernil suíno de Natal: o grande segredo desse pernil – e todo o sabor – é a marinada, feita de alho, cebola, vinho branco seco, suco de limão, alecrim, louro e pimenta do reino. O pernil deve marinar por 24 horas no mínimo. Asse por cinco horas. Junte frutas nos últimos minutos para assar também.

38. Peito de chester com damasco: o peito de chester, branquinho, macio e suculento, fica ótimo com as cores vivas e sabor do molho, feito com damasco, açúcar mascavo, shoyu e azeite balsâmico. Essa receita agrada o paladar e o bolso, já que a carne não é muito cara.

39. Medalhão de frango recheado com damasco e ameixa: uma opção mais light para sua ceia, e que fica um escândalo. Neste medalhão, no lugar do bacon, use pastrami, uma carne magra curada, normalmente encontrada em casas de frios. Damasco, ameixa e queijo prato light formam o recheio.

40. Badejo com manteiga de ervas: o badejo vem para inovar a mesa de Natal. A carne, branca e macia, deve ser temperada apenas com suco de limão, azeite, sal e pimenta. Bem simples, já que a manteiga de ervas vem para cobrir as postas e saborizar.

41. Costelinha com molho de missô: para quem não acha as carnes tradicionais do Natal (peru ou pernil), a costelinha suína pode ser uma ótima ideia. Tempere muito bem a costelinha. Faça o molho oriental com missô, gengibre e shoyu. Para finalizar, salpique cebolinha picada.

42. Filé Wellington: esse prato nada mais é do que uma massa folhada recheada com rosbife e temperos. Para a carne, procure um filé mignon alto. Tempere com bacon, funghi, cebola roxa e mostarda. Escolha uma cerveja que harmonize bem com a receita para acompanhar.

43. Peru de Natal: ele, mais uma vez, o peru! Aqui ele se apresenta assado, coberto com uma calda perfumada de maple syrup e creme redução de balsâmico e com recheio de pão português, alho e bacon. A decoração que finaliza o prato é feita com redução de balsâmico e raminhos de alecrim.

44. Coxas de frango com laranja e alecrim: é interessante ter uma carne mais comum à mesa, para agradar todos os paladares. Use a criatividade e transforme o prato do dia a dia em um mais refinado, com sabor de festa, apenas mudando os temperos. Como no caso desse prato, que leva no molho alho, páprica, cominho, gengibre, molho inglês, sal, pimenta calabresa, suco de laranja e alecrim fresco e já dá outra cara às coxas de frango.

45. Tender ao molho de laranja: aquela delícia que já faz parte da mesa oficial de Natal: o tender bolinha! Como ele já fez semi-pronto, é rápido para preparar e dá para caprichar um pouco mais no acompanhamento. A sugestão aqui é um molho doce, a carne de porco fica sensacional combinada com a misturinha de mel e laranja. Sirva com uma farofinha bem amanteigada.

46. Bacalhau cremoso: o bacalhau também é um dos queridinhos da ceia natalina. Econômico, o prato leva partes iguais de peixe, batata e creme de leite. A cobertura é uma nuvem de claras em neve, creme de leite e parmesão. Rende bem e fica uma delícia.

Prato principal para vegetarianos

receitas-ceia-de-natal-4

Foto: Reprodução / Sabor Sonoro

47. Rocambole de trigo: quando o prato estiver na mesa, ninguém vai acreditar que nesse rocambole não vai carne. A massa é feita com trigo para quibe, berinjela, funghi, cebola, caldo de legumes, shoyu e temperos. Para o recheio, cenoura, parmesão, manjericão e castanha-do-Pará. Termine com o molho, feito com cerveja, shoyu, amido de milho e champignon.

48. Moqueca de banana: sem glúten, sem lactose e vegana. Seus convidados vão amar! A banana da terra, por si só, é extremamente saborosa, e cai bem em diversos pratos. O colorido da receita é pela variedade de ingredientes: tomate, cebola, pimentão e ervas.

49. Bobó de shitake: muito fácil de fazer, basta fritar e cozinhar a abóbora e o aipim com a cebola dourada no dendê. Depois, junte com o caldo de legumes, leite de coco e mais alguns temperinhos. Salteie o shitake e junte à mistura. O melhor acompanhamento é o arroz branco simples. Mas o cateto também cai super bem.

50. Conchiglione recheado com espinafre, alho-poró e creme de tofu: esse conchiglione fica lindo montado em um belo prato. O sabor surpreende no recheio, feito com tofu, leite de amêndoas, alho poró e espinafre. O molho branco dá todo o sabor ao prato. Finalize com salsinha picada e lascas de castanhas do Pará.

51. Berinjela recheada com arroz frito e tofu grelhado: essa receita é perfeita para utilizar aqueles restinhos de comida que sempre sobram. Não só no Natal, mas durante todo o ano. Aqui, o tofu foi grelhado, somado a um punhado de arroz e a mistura recheou uma barquinha de berinjela.

52. Risoto integral de legumes: quer apresentar algo diferente e saudável? Está aqui a opção! Feita à base de arroz integral e linhaça, a cremosidade vem com a manteiga e o creme de ricota. E, melhor, caso sobre, ainda dá para fazer bolinhos de risoto!

53. Stir Fry de tofu com vagem francesa: extremamente fácil e rápida, essa receita pode ainda ficar mais incrementada ou variada, acrescentando cenoura, pimentão, repolho ou cogumelos. Sirva quente, acompanhado de massa ou arroz.

54. Torta rústica de ratatouille: é verdade que essa receita é um pouco demorada. Mas ela fica tão linda, deliciosa e perfumada, que vale a pena. Uma massa básica recebe como recheio berinjela, abobrinha, pimentão, tomate cereja, cebola, tomilho e alecrim.

55. Conchiglione de ricota com espinafre: a combinação de ricota com espinafre é certeira, uma dupla que sempre dá certo. A mistura fica perfeita como recheio para estufar as conchinhas de massa. O molho branco deve regar a massa. Finalize com queijo ralado, e leve ao forno para gratinar.

56. Rocambole de proteína de soja: com ingredientes fáceis de serem encontrados, esse rocambole fica com uma ótima aparência – além de muito suculenta – e cai bem na ceia. Capriche no tempero e varie os recheios em outras ocasiões. Para acompanhar, uma saladinha, uma maionese e arroz.

57. Tender vegano: esse tender vegano é, na verdade, um presunto defumado de soja. Feito como os tradicionais, com os riscos que formam losangos, espetados com cravos e assado em calda.

58. Seitan ao molho madeira: parece carne, mas não é. O seitan é uma espécie de “carne de glúten”, obtido através da proteína da farinha, o glúten. Sirva com molho madeira e champignon. O prato é uma boa pedida também para momentos de muita fome, já que sacia bem rápido.

59. Maionese de tofu: essa maionese vegetal é daquelas receitas que não tem erro: bastar bater tudo no liquidificador. E você ainda pode juntar mais temperinhos e ervas de sua preferência. Pode ser usada para passar em pães e torradinhas, rechear salgados e até para dar cremosidade a pratos, como o risoto.

60. Rocambole assado de lentilha e quinoa: gostoso, nutritivo, lindo, proteico e com uma ótima textura. Com massa de lentilha, quinoa, aveia em flocos e farinha integral. No recheio, purê de batatas, vagem e cenoura.

61. Carne de jaca: uma fruta diferente, que nem todo mundo gosta. Essa receita pede a jaca verde, que deve ter a carne cozida e desfiada. Essa “carne” não tem gosto, então capriche no tempero. Ela vai pegar bem o gosto. Depois, é só servir com um molho gostoso.

62. Risoto 7 cereais ao funghi: cereais integrais, cogumelo seco, caldo de funghi, vinho branco, cebola, manteiga, shoyu e os temperos de sua preferência. Poucos ingredientes formam um prato saboroso e cheiroso.

63. Risoto de shimeji com brie e uvas verdes: um risoto sem glúten e agridoce. Todo o sabor do prato é composto pela mistura – inusitada, é verdade – de parmesão, shimeji, uva e queijo brie. O caldo, feito de vinho branco e caldo de legumes, fica ainda mais especial com um toque de noz moscada.

64. Massa ao vinho com gorgonzola e cebola caramelizada: o diferencial dessa receita é a cor da massa: roxa! Para conseguir tal feito, basta cozinhar o macarrão primeiramente na água e, depois, com vinho tinto. Para servir, uma misturinha de cebola dourada no azeite, vinagre balsâmico e açúcar mascavo. Adicione gorgonzola picado ao prato.

Saladas para servir na noite de Natal

receitas-ceia-de-natal-5

Foto: Reprodução / Cozinha Travessa

65. Árvore saudável de legumes: uma atração à parte na mesa de jantar, essa árvore de Natal feita de brócolis e tomatinhos vai ser sucesso, com certeza. Você pode substituir os pepinos (que formam a graminha) por couve-flor, e os palitinhos (que formam o caule da árvore) por cenouras.

66. Tomate confit: essa opção é tão simples, gostosa e fácil de fazer, que você pode fazer toda semana! Necessita habilidade zero para a cozinha, então é melhor ainda. Basta misturar tomate cereja, alho, tomilho, louro, azeite, pimenta e sal. Simples assim.

67. Salada de Natal: capricho é o nome que representa esse prato, que não dá trabalho para fazer e é super gostosa, linda e diferente. Seus ingredientes, por si só, já chamam a atenção por estarem juntos:  rúcula, pêssego, presunto de parma, brie e lâminas de amêndoa. O toque de chef fica por conta do molho, uma mistura de vinagre balsâmico com açúcar demerara.

68. Tabule de uvas com molho de iogurte: muito refrescante, leve e saborosa, esse tabule cai bem no nosso Natal, sempre com altas temperaturas. A diferença para a receita tradicional é adicionar uva e maçã ao mix de ingredientes. E o molho, feito com creme de ricota e iogurte.

69. Salada guirlanda: para ficar no centro da mesa e tirar foto, porque fica linda demais. Receitinha express, dá para montar rapidinho, antes dos convidados chegarem. Escolha um prato redondo e monta a guirlanda colocando os ingredientes um por cima do outro, nessa ordem: folhas de alface, tomate cereja, azeitona verde, queijo prato em cubos. E manjericão para decorar.

70. Salada de massa cuscuz com abóbora assada e queijo: a recomendação médica é para ter sempre o prato colorido. Por isso, vale a pena investir nessa receita, pra lá de gostosa, leve, com cores bonitas e a cara do Natal.

71. Salada de ovos: também chamada de antepasto de ovos, essa saladinha pode ser servida também como entrada, junto com torradinhas. É simples demais, mas é certeza de sucesso.

72. Carpaccio de beterraba com couve flor e molho pesto (sem leite): um prato colorido, que vale investir em uma louça bonita e fazer uma bela apresentação, porque fica linda demais. Com cores vibrantes, é ótima para quem quer comer uma opção mais leve: lâminas de beterraba, couve flor, manjericão para decorar e molho pesto.

73. Salada de cuscuz marroquino com vagem: alguém da sua turma de convidados odeia a combinação de arroz com passas? Então esse prato é especialmente para essa pessoa. Turbine o cuscuz com cenouras cozidas, abobrinha, alho poró, vagem, damasco, tomate seco, amêndoas laminadas… e passas, se for do agrado do paladar geral.

74. Legumes sautè: não é porque é época festiva e de comilança que os legumes vão ficar de fora do menu. Simples e saboroso, esse prato é completamente verde: brócolis, aspargos e vagem. Sauté e crocante na medida! Para servir, regue com molho de manteiga.

75. Salada com pesto de hortelã e pera: salada refrescante, que pode até mesmo servir como entradinhas, se você servir em pequenos ramequins. A mistura inusitada de pera, queijo branco, folhas de alface e o molho pesto fica fantástica.

Para montar a mesa de doces e sobremesas no Natal

receitas-ceia-de-natal-6

Foto: Reprodução / Marola com Carambola

76. Torta de frutas vermelhas com cardamomo: as frutas vermelhas, por si só, ajudam a deixar a mesa de Natal ainda mais bonita. Elas são saudáveis, gostosas e ajudam a decorar o ambiente. Essa torta tem aquela massinha básica como base, um creme branco delicioso e frutas. Bem fácil de fazer, não tem como dar errado.

77. Verrine natalina: essa receita só vai tomar dez minutos do seu tempo corrido para a preparação de todas as gostosuras para a mesa de Natal. Para a base da verrine, gelatina. No meio, creme de chantilly, e suspiros inteiros e quebrados e framboesas. Não tem como ser mais fácil.

78. Creme gelado de abacaxi com coco: sabor de Natal de infância e nostalgia. Basta uma colherada para te teletransportar para os natais na casa da avó! Sobremesa cremosa e geladinha, que sai da geladeira apenas na hora de servir. Ideal ser preparado na véspera, para dar tempo para o creme ficar mais firme.

79. Cheesecake de creme de avelã: os sabores da avelã são sempre presentes do Natal, certo? Essa receita é maravilhosa, e segue as etapas tradicionais de execução de cheesecake. Depois de pronto, cubra com avelãs raspadas e inteiras para decorar.

80. Torta de maçã dos duendes: essa torta é outra que dá para comer mais de um pedaço sem ter peso na consciência, já que a massa tem entre seus ingredientes açúcar mascavo e aveia em flocos. Capriche no recheio, com maçãs bem vermelhinhas, que deixarão a sobremesa mais bonita.

81. Torta de nectarina: Natal é tempo para fazer sobremesas com frutas, já que é época de várias delas e encontramos uma grande variedade para compras, e a nectarina – um tipo de pêssego – é uma delas. Essa torta fica linda, colorida e bem cheirosa.

82. Torta gelada de panetone: ceia de Natal tem que ter panetone! E que tal uma sobremesa com ele? Fica muito, muito gostosa, e vai super rapidinho da mesa. Para montar a torta, basta intercalar fatias de panetone, sorvete de creme ou baunilha e doce de leite pastoso. Decore com frutas cristalizadas e nozes.

83. Flan de manga com gengibre e hortelã: outra sobremesa geladinha, perfeita para aquele momento da madrugada que o calor bate, junto com aquela preguiça gostosa pós-ceia. E dá para comer sem culpa, já que tem poucas calorias. Basta bater todos os ingredientes no liquidificador, colocar em taças e levar para gelar.

84. Torta floresta branca: floresta negra é um amor brasileiro. Inove na cozinhe e faça a floresta branca. Tão gostosa quanto sua irmã, essa versão fica linda na mesa natalina, já que as cerejas fazem um contraste bonito com o chocolate branco ralado.

85. Pavlova guirlanda: pavlova é uma sobremesa linda. Essa, em formato de guirlanda, decorada com frutas, fica linda para decorar a mesa. Use frutas vermelhas e, para finalizar, raminhos de hortelã. Atenção para o modo de preparo: a pavlova precisa ser recheada apenas na hora de servir, para manter toda a crocância e cremosidade no prato.

86. Rocambole de Natal: esse rocambole de chocolate é recheado com uma ganache simples aromatizada com Cointreau, que dá o toque especial. Para deixar o recheio ainda mais gostoso, adicione abacaxi e laranja cristalizada em cubinhos. Cubra com creme de chocolate e sirva com sorvete.

87. Bûche de Noël sem lactose: de origem francesa, o famoso tronco de Natal é, na verdade, mais uma versão de rocambole, só que lindamente decorada. Essa versão, sem lactose, deve ser feita de trás para frente. Faça primeiro a cobertura. Ela precisa ser refrigerada enquanto você prepara a massa, com pão de ló tradicional. Se quiser, adicione corante vermelho à massa, para ficar ainda mais no clima festivo.

88. Doce de pêssego com creme: pêssego faz parte integrante das festas natalinas. Além de deixar espalhados nas fruteiras, invista em um doce com a fruta e com creme. É super fácil de fazer e agrada todos os paladares.

89. Cheesecake de Natal: receitinha toda trabalhada na decoração vibrante e vermelha, linda para estar à mesa e fotografar. Extremamente macia e saborosa, essa cheesecake segue os passos básicos para o prato, a diferença está na base, feita com biscoitos de canela, que dão um sabor todo especial ao prato.

90. Rocambole estampado: esse é um rocambole com roupa de festa. Vermelho, com bolinhas brancas, e que você pode variar e testar outras estampas. O recheio, feito de chantilly com beijinho, dá muita cremosidade ao doce, como deve ser. Decore com folhinhas de hortelã.

91. Brownie red velvet com sorvete de cream cheese: brownie é sinônimo de amor em pedaços. Esse aqui, para deixar o prato mais bonito, tem ainda a massa de red velvet. Para acompanhar, sorvete (dos deuses) de cream cheese. Sirva com calda de frutas vermelhas.

Bebidas especiais para o Natal

receitas-ceia-de-natal-7

Foto: Reprodução / Gordelícias

92. Strawberry sparkle: bem docinho, a mulherada vai adorar esse drink. Você vai precisar de espumante, peppermint (infusão de hortelã-pimenta), morangos picados e gelo. Fica lindo e delicioso.

93. Sangria de vinho branco: quem gosta de sangria… Levante a mão! Bebida de festa, principalmente natalina, a sangria aqui é apresentada na versão com vinho branco, tão gostosa quanto a original, feita com tinto.

94. Drink de verão sem álcool: essa é uma bebida gostosa e refrescante, sem álcool, então é liberada para todo mundo! Ela é, basicamente, um suco de laranja mais incrementado, com a adição de água de coco, Schweppes citrus, um toque de cranberry e hortelã. Delícia!

95. Drink de saquê com limão siciliano: separe suas taças altas, de champagne, para receber esse drink, que fica lindo com os morangos dançando! Limão siciliano, gelo, açúcar e saquê, combinados com a cor alegre e sabor levemente azedinho do morango. Irresistível!

96. Bebida refrescante de vinho branco e laranja: vinho branco geladinho é ótimo para dar uma apaziguada no calorão que faz no Brasil na época do Natal. Para esse drink, misture a bebida com suco de laranja e açúcar. Capriche e use bastante folhas de hortelã. Elas dão sabor e refrescância ao drink.

97. Rossini: vermelha, meio rosada. Ideal para servir no Natal e em datas comemorativas. Demora um pouco para fazer, mas o sabor compensa. Sirva o coquetel em taças para Martini, decoradas com rodelas de limão.

98. Bellini: levinho, esse drink vai cair no gosto dos seus convidados. Criado nos anos 1930 na Itália, para fazer essa delícia você só precisa misturar suco de pêssego e espumante, ambos bem gelados.

99. Drink de café com uísque: drink com sabor mais forte e requintado, ideal para quem gosta de bebidas marcantes. Não é necessário adoçar o expresso. Essa é mais uma opção para apreciar o scotch.

100. Clericot: trocando em miúdos, clericot é, basicamente, vinho branco com frutas. Dá para usar frisante, espumante, vinho branco seco… Independente do ingrediente, o resultado é bom!

101. Drink de jarra: esse drink é curinga para as festas, cai bem em almoços, jantares, na beira da piscina, na praia, churrasco… A lista de ingredientes não podia ser mais fácil: vodka de boa qualidade, gelo, suco de sua preferência, e frutas fatiadas, também de sua preferência. Ou seja, completamente personalizável!

Petiscos para beliscar depois da ceia

receitas-ceia-de-natal-8

Foto: Reprodução / Cinco Quartos de Laranja

102. Bolo coroa de natal: essa coroa fica linda na mesa – e, melhor ainda, no estômago! Cheia de frutas cristalizadas e frutas secas, símbolos do Natal, ainda fica fácil dividir entre a turma de convidados, já que a coroa é formada por pequenos rolinhos. Na hora de servir, pincele mel ou uma geleia de sua preferência.

103. Trufas com amêndoas sem lactose: sem glúten, sem lactose, sem ovos, sem nenhuma complicação para fazer, aromática e deliciosa. Perfeita para ser devorada durante um bate-papo gostoso entre pessoas queridas.

104. Brigadeiro de rabanada: brigadeiro é bom. Rabanada idem. Então, que tal juntar essas duas delícias em pequenos pecados gastronômicos que derretem na boca? Capriche na apresentação, deixe caixinhas espelhadas pela casa com essas bolinhas para o delírio de seus convidados.

105. Tâmaras recheadas: imita um bombom, e não perde em nada para o sabor dos seus doces preferidos. Separe tâmaras secas, recheie com amêndoas torradas e banhe com chocolate. Enquanto o chocolate ainda não endureceu como casquinha, salpique flor de sal.

106. Rabanada frita: ah, ela tem que aparecer (e pode repetir no café da manhã do dia seguinte, porque todo mundo adora!): a rabanada, com toda a crocância, sabor e simplicidade de um pãozinho amanhecido e mergulhado em leite e especiarias. Sirva quentinha!

107. Rabanada light: é light porque é assada e sem leite condensado – mas não menos deliciosa. Use adoçante culinário para finalizar. Vai ficar tão gostosa quanto a tradicional, frita.

108. Pudim de manga e chia: esse pudim cai como uma luva nessa receita para comer entre uma história e outra, já que a chia é um super alimento, que promove a sensação de saciedade. Ou seja, no Natal, é recomendado ingerir algo com chia, para evitar comer a mais do que o estômago aguenta.

Para presentear os convidados no Natal

receitas-ceia-de-natal-9

Foto: Reprodução / Pimenta no Reino

109. Bolas de natal de chocolate recheadas com ganache: sabe as bolas que penduramos na árvore de Natal? Então, é tipo isso, só que comestível e extremamente deliciosa, já que é recheada com uma ganache cremosa e crumble de cacau. Qual convidado não vai amar ganhar um mimo desses?

110. Bolacha de natal (gingerbread): não tem nada mais tradicional para dar de lembrança de Natal do que as famosas gingerbreads, aquelas bolachas em formato de boneco de biscoito. Claro que você pode variar nos formatos. Mas o que vale é a explosão de sabor em cada mordida, causada pela combinação do mascavo, melado de cana, canela, gengibre, cravo e noz moscada.

111. Cookies com gotas de chocolate, pistache e flor de sal: presente de Natal comestível e perfeito, com os sabores equilibrados entre si – e de lamber os dedos! Esses são cookies macios, com açúcar mascavo, baunilha, gotas de chocolate e pistache picadinho na massa. Para finalizar, flor de sal.

112. Cupcake de panetone: esses cupcakes são uma graça, e você pode soltar a criatividade e viajar na hora de decorar, afinal a decoração é o ponto alto desse docinho. Você pode montar uma caixinha com apenas um cupcake grande, ou com vários, daqueles de tamanho miniatura.

113. Cookie de chocolate branco com amêndoas: a combinação de chocolate branco com macadâmia é fantástica, extremamente saborosa. Por isso, esse cookie é macio e crocante na medida certa, e desmancha na boca a cada mordida.

114. Biscoito recheado de creme de avelã: as avelãs podem estar presentes também na lembrancinha. Adultos e crianças vão adorar esse mimo. É bem simples, mas quem não gosta de bolacha recheada?

115. Pão doce vegano natalino: esse pão é super fácil de fazer, já que não precisa de muito tempo para sovar. Você pode fazer a versão sem as uvas passas e frutas cristalizadas também, ou substituir por gotas de chocolate.

116. Bolo húngaro de frutas secas e castanhas: bolo de sonhos! Macio e crocante na medida certa, esse bolo é uma ótima lembrancinha, que cai super bem para o café da manhã do dia seguinte. E é ótimo para matar aquela fominha do meio do dia também, já que as frutas presentes (castanha do Pará, amêndoas, ameixa e damasco secos e cerejas) ajudam na saciedade.

117. Alfajor vegano: alfajor é amor! Presenteie seus convidados com um deles, ou com uma caixinha, e eles vão entender o recado, que são extremamente queridos e amados por você e sua família. Essa opção você pode oferecer especialmente para seus amigos veganos.

118. Chocotone de Oreo decorado com plástico bolha: chocotone é bom, combinado então com Oreo, fica divino! E ainda pode melhorar, adicionando doce de leite. E esse chocotone é uma bomba: assim que você corta, o recheio derrete e derrama inteiro no prato. Para fazer uma graça, use plástico bolha para decorar. A decoração é inusitada e vai render algumas risadas.

119. Cake pops boneco de neve: fáceis de fazer, fofos e que vai fazer o maior sucesso, principalmente entre a criançada! Só levam 15 minutos para ficar prontos e não vão ao forno. Então, dá para correr na cozinha e deixar os pequenos felizes também com mais essa lembrancinha.

120. Bolinhos de amêndoas e cerejas: esses bolinhos são bem fáceis de fazer, são cupcakes com amêndoas na massa, peladas e moídas no processador. O toque especial vem com um pouco de Cherry Brandy (que você pode substituir por Cointreau) e, claro, a cereja por cima, coroando o mimo.

Curtiu as ideias e não vê a hora da ceia chegar? Veja também as nossas sobremesas geladas de Natal para completar seu cardápio!

PARA VOCÊ